Informativos

Serviços de dedetização de insetos rasteiros no Rio de Janeiro!

CONHEÇA AS DÚVIDAS MAIS FREQÜENTES APRESENTADAS PELOS CLIENTES

O produto químico que vocês usam danifica algum objeto?
Não danifica, porem por critérios adotados pela empresa, não pulverizamos interruptores de luz, materiais plásticos e superfícies de moveis (para evitar possíveis manchas).

A empresa é boa?
Temos uma tradição de anos no ramo. O senhor (a) ao utilizar nossos serviços terá condição de fazer uma avaliação.

Qual o sistema que vocês usam?
Usamos todos os sistemas (liquido, gel, aerosol, iscas, pó, etc…). Não é o excesso de inseticida que mata o inseto rasteiro, mas sim a boa utilização deste, em locais estratégicos.

É tóxico?
Como todo inseticida é toxico, temos o cuidado de dosar criteriosamente para que ele não prejudique seres humanos.

É necessário sair de casa?
Aconselhamos a retirada de crianças e animais por uma questão de precaução. Poderão retornar de 3 a 4 horas.

Faz mal as crianças?
O mal só ocorre quando há ingestão do liquido ou quando do contato direto deste com a pele.

Dura muito o efeito da aplicação?
Damos uma garantia real de 06 (seis) meses para baratas em residências.

Qual o tempo de duração do serviço?
Normalmente vai de 45 minutos a uma hora em residências para baratas.

E se o serviço não ficar bom?
Para isso damos uma garantia de 06 (seis) meses para baratas em residências.

Tem cheiro?
Tem cheiro que num curto espaço de tempo desaparece, também temos o especial sem cheiro.

O que se faz necessário para execução do serviço?
Somente a retirada de animais, crianças e pessoas alérgicas na aplicação do inseticida liquido.

Vocês colocam o produto no fogão?
Colocamos dentro do forno e pedimos que o cliente deixe o forno aberto durante 2 dias e depois que o ligue para que elimine qualquer resquício do produto liquido.

E na geladeira?
Colocamos apenas gel na borracha da porta e no motor.

A limpeza da casa pode ser feita logo após o serviço?
Aconselhamos que ela seja feita 3 dias após o serviço para garantir a ação residual do produto liquido.

É anti-alérgico?
Não existe produto químico que não tenha efeito colateral, porem tomamos todas as precauções para que isso não aconteça, dosando com critério o produto.

Cupins comem concreto e tijolo?
Existem cupins que penetram na alvenaria através de fissuras, rachaduras e outros pequenos espaços tais como: conduítes, shafts e tubulações diversas. Em algumas situações este cupim corretamente denominado Subterrâneos perfuram tijolos e blocos. Quando encontrados junto a lages e outras estruturas de concreto, na maioria dos casos os cupins localizaram alguma abertura para chegarem a estes locais.

Os bichos que voam ao redor das lâmpadas em noites quentes, são cupins?
Na maioria das vezes, sim. Trata-se de uma revoada de siriris ou aleluias, fenômeno que pode ser observado na região sudeste do Brasil no inicio da primavera e vai ate meados do verão. Os siriris são indivíduos sexualmente ativos e responsáveis pela dispersão e preservação da espécie. Os casais formados nas revoadas darão origem a novas colônias.

Se os cupins atacam as madeiras por que tratar o solo em volta da residência?
Todo tratamento que envolve a aplicação de cupinicida no solo tem por objetivo criar uma barreira química que impessa a entrada de novos cupins na edificação pelo subterrâneo. Uma vez aplicado o cupinicida permanecera ativo por vários meses cumprindo assim sua missão de proteção.

Numa reforma de meu imóvel foram constatados sinais de cupins na alvenaria, como proceder?
Solicite ao representante técnico da empresa, uma vistoria do imóvel para que levante os pontos com problema e assim estabeleça uma metodologia de controle. A Descupinização deve ser executada antes do termino da reforma, preferencialmente antes da colocação de acabamentos.

Existe tratamento preventivo para cupins?
Sim, o tratamento preventivo pode ser feito e garante a preservação do patrimônio, uma vez que após o possível ataque, alem do custo do tratamento existe a necessidade de restauração das madeiras atacadas.

Como diferenciar cupins de madeira seca de cupins subterrâneos?
Geralmente os cupins subterrâneos formam túneis e galerias nas paredes, semelhantes a caminho de terra ou trilhas. Também atacam predominantemente os madeiramentos em contato direto com alvenaria e junto a tomadas elétricas. Já os cupins de madeira seca nunca formam caminhos visíveis fora da madeira, apenas liberam um resíduo granulado junto a peças atacadas.

Os cupins só atacam casas velhas?
Não, devido ao alto grau de infestação em algumas regiões da nossa cidade é possível observar-se cupins subterrâneos ativos em edificações ainda em construção. Não existe uma regra fixa para estes insetos rasteiros, no entanto, observamos que em edificações muito antigas e mais comuns encontramos infestações de cupins de madeira seca e brocas.

Como solucionar o problema com cupins?
Deve-se solicitar uma vistoria técnica especializada em cupins para identificar qual o tipo de problema e daí indicar o tratamento e a metodologia necessários.

De onde vem os cupins?
De repente as pessoas deparam com um flagelo em seu lar. É o cupim que está destruindo móveis, roupas, documentos, retratos, espelhos, portas, portais e outros objetos ou móveis de madeira.

De onde vieram esses destruidores?
Os cupins de madeira seca geralmente chegam em vôo na primavera, rodam em volta das lâmpadas, perdem as asas e encontrando um local favorável se instalam e passam há habitar na própria madeira onde se alimentam.
Os cupins subterrâneos , ou cupins de solo, ou ainda cupins de alvenaria chegam pelo interior das paredes u lajes, vindo de seus cupinzeiros normalmente formados em caixões abandonados nas construções dos prédios.
Os cupins podem ter seu inicio em raízes ou galhos podres de arvores ou pedaços de madeira enterrados junto as arvores. Daí passam para os jardins próximos e também para os prédios. As raízes das árvores servem para os cupins chegarem em baixo de uma das construções prediais.
Surgem também, das lajes duplas preenchidas com restos de obras ou com madeiras no seu interior e servem de pontos fortes de estruturação para infestação nos apartamentos.
Os cupins tem como alimento principal a celulose que é encontrada em madeiras, couro, papel, papelão, plantas, etc.
No interior das residências, pisos, rodapés, portas, portais, armários, livros, tetos em gesso, etc, podem ser atacados na busca de alimento.
Dos cupinzeiros subterrâneos eles sobem para os prédios utilizando as tubulações hidráulicas e conduítes. Desta forma atingem os apartamentos e os ataques são sem limite de destruição e prejuízos. Chegam até o madeiramento do telhado usando os mesmos caminhos.
O ataque de cupins de solo não é um caso isolado em uma única residência. Normalmente eles se espalham pelo prédio e é um problema para todo edifício e não somente para o morador onde eles foram descobertos. Tendo aparecido em um apartamento, ás áreas comum do condomínio, sem dúvida alguma já estão infestadas. O aparecimento em outros apartamentos é questão de tempo.
A iniciativa a ser tomada é escolher uma empresa dedetizadora idônea, preparada parao combate aos térmitas.
O perigo é que ao chamar uma empresa o Orçamentista ou o Representante técnico, por desconhecimento, ou por não ser tão técnico, ou por interesse comercial para não perder o serviço apresenta um orçamento somente para o local afetado ou quando muito, para o apartamento, não informando ao cliente o grau do problema presente em todo prédio.
O ataque dos cupins é muito mais serio do que se possa imaginar. Não subestime os cupins. O inseto, em si é frágil, mas as colônias instaladas tem um poder de destruição avassalador.
A INSETFÁCIL coloca-se á disposição de todas as vitimas de cupins para maior analise abalizada e real de cada caso, podendo apresentar em serviço certo e terminar com o problema existente.

CASO SUA DÚVIDA NÃO CONSTE NA LISTA ACIMA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

Links Úteis